Segunda-feira, 24 de Maio de 2004

Foge...

Corre. Foge. Não tropeces no tronco. Não te deixes enganar pelo escuro. O barco. Olha o barco, está ali. Tem cuidado. Eu sei, ele vem atrás. Tens tempo. Não chores, não entres em pânico. Eu sei que é de noite. Eu consigo levar-te. Salta agora! Tem cuidado para isto não se virar. Depressa, os remos. Não sabes remar...eu ensino-te, mas controla o teu medo. Ele não te quer a ti. É a mim. Não olhes para a cara dele, senão perdes. Ele tira-te o equilíbrio. Eu sei que é difícil, mas não penses nele. Rema mais depressa. Não, o lago não é assim tão grande. Ele está atrás de ti. ELE ESTÁ ATRÁS DE TI! Salta do barco. Salta!! Não fiques aí! Agora. Não tenhas medo, o lago não é fundo. SALTA! Vou empurrar-te. Nada. Nada. Tens de nadar. NÃO OLHES PARA TRÁS. Nada. Estás quase lá. Mais depressa. Estás quase. Não subas por aí. Agarra-te ao ramo. Ele está perto. Não desistas agora. Não desistas agora. Merda...és pesada. As minhas asas não conseguem levantar-te. Não chores. Não chores. Não olhes para ele... pronto... fecha os olhos...

Unknown Poet

publicado por JoãoSousa às 21:45
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 26 de Maio de 2004 às 23:48
LINDO :)bluefire
</a>
(mailto:)


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Imagens

SAPO Blogs