Domingo, 30 de Maio de 2004

A noite em que me levaste da morte à vida! II

bedbatle.jpg
Bed Battle - Andy Kane

Lembro-me de te debruçares sobre mim dando-me um beijo na testa.
Depois beijaste-me a boca e o pescoço.
Lembro-me de me despires lentamente, e eu, completamente atordoado, gostar.
Lembro-me de me beijares o corpo e eu, deliciado, deixava-me levar.
Estava mais acordado, sentia isso, mas mesmo assim sem força para me impor. E para que me queria eu impor se estava a gostar tanto de ser levado por ti?
Via-te olhares para mim nos meus olhos enquanto te despias também, muito lentamente… lentamente demais.
Ouvi algo que não percebi, o teu corpo estava a cantar para mim. Foi o que me pareceu.
Lembro-me de te ver a dirigires-te novamente a mim.
Lembro o teu corpo suavemente a deitar-se sobre o meu. Tão quente que eras, e no teu corpo quente sentia a frieza morta do meu. Sentia-me despertar ainda mais.
Lembro-me de abraçar o teu corpo, com a ajuda das tuas mãos. E davas-me mais um beijo.
Percorri lentamente o teu corpo, cada falha, cada espaço, cada poro de ti, e sentia-os a abrirem-se, a respirar.
Fazias o mesmo. Percorrias também o meu corpo, e eu sentia o arrepio, as cócegas de mexeres em mim. Ouvia-te ainda muito baixo, mas ouvia-te arfar.
Eu estava ali, já mais vivo mas ainda morto, via o que fazias, tudo o que fazias, comigo, contigo. Tu tinhas todo o trabalho e eu gozava. Tu abusavas de mim e eu deixava, adorava!

Gabriel Braga

publicado por JoãoSousa às 21:22
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Imagens

SAPO Blogs