Quinta-feira, 15 de Julho de 2004

O Pastor

06546_92.jpg

O pastor comprou a primeira ovelha e mimou-a, dando-lhe tudo o que ela precisava para ter uma boa vida. Mas deu-lhe também solidão.
O pastor comprou uma segunda ovelha e mimou-a, juntou-a à sua primeira e deu-lhes tudo o que precisavam para sobreviver. Mas deu-lhes também tentação.
As ovelhas foram crescendo, procriando, e os seus filhos cresceram, procriaram, e sempre assim.
O pastor estava feliz, mas de geração para geração eram cada vez mais ovelhas, cada vez mais mimos, cada vez mais necessidades para sobreviver. Então cansou-se.
O pastor já não era feliz com as ovelhas, e elas seguiam perdidas, desamparadas. Deixou de lhes dar atenção.
Eram tantas para si só.
As ovelhas, começaram então a separar-se, a perderem-se, algumas seguiam caminhos diferentes, que se dividiam em mais caminhos diferentes e mais e mais. Mas algumas ainda seguiam o seu pastor com esperança de ele voltar um dia a mima-las, a dar-lhes tudo o que precisavam.
O pastor continua a ser seguido por ovelhas, ovelhas que esperam. Mas é como se seguisse sozinho. Perdeu a vontade das suas ovelhas, o prazer que elas lhe davam.
O pastor ficou sozinho seguido de ovelhas esperançosas. As ovelhas ficaram sozinhas sem ninguém que esperasse por elas.

Gabriel Braga

publicado por JoãoSousa às 21:23
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Imagens

SAPO Blogs