Segunda-feira, 26 de Julho de 2004

Diálogo entre Waris e Gabriel

Waris – Sabes, sempre pedi a deus que não me deixasse morrer sem provar o amor,
Porque sempre pensei que quem vive sem amar, nunca viveu na realidade,
E agora agradeço porque amo
E é tão bom, tão doloroso.
É masoquista o amor!
Gabriel – Já viste que engraçado?
As palavras saem-nos tão lindas quando sofremos, não achas?
Waris – É verdade
Em tudo só temos sentido porque existe o medo, a dor, a morte.
Senão nada fazia sentido.
Andávamos felizes e não sabíamos que éramos felizes,
Amávamos sem saber que amávamos.

Porque há diálogos de génio que devem ser mostrados ao mundo!
Porque te adoro mais do que tudo e vejo que sofres.
Porque me orgulho de ter estes diálogos contigo.
Porque me fascina a tua existência.
Porque... simplesmente... Porque és tu!

Gabriel Braga

publicado por JoãoSousa às 22:03
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Imagens

SAPO Blogs