Terça-feira, 31 de Agosto de 2004

Facas em Sangue

joana_=).jpg

Vivia na temperatura tépida dos lençóis
Aquele que dava pelo estranho nome
De Amor. Às vezes soltava-se
E percorria pela mão
Dos adolescentes ruas desertas, sombras
Escuras e conspiradoras - soltou-se
O Amor - alguém gritava.
E vinha o vermelho e invadia o vermelho
E assanhavam-se os gatos conscientes
Da invasão da sua noite
Solitária. Depois apagava-se
A última luz da última janela e desaparecia
O Amor na tépidez dos lençóis.
Ficava a lua, ficava
O luar azul a reflectir perigosamente
Nas lâminas ensaguentadas
Dos adolescentes...

Mão Morta

A pedido de muita gente, porque a Joana é linda, porque eles são fantasticos... e quanto mais não seja, porque são de Braga.
Gostei muito desta letra.

Gabriel Braga

publicado por JoãoSousa às 11:08
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Anónimo a 31 de Agosto de 2004 às 19:39
lolol ela e linda!! /me fica tolaaa eheh e adorava tocar cm ela sim e papava a (n gozo claro =P ) ihhi arrobas gands blackangel
</a>
(mailto:)


De Anónimo a 31 de Agosto de 2004 às 19:29
Fui eu que escrevi lol arrobas pa tdslakshmi
</a>
(mailto:)


De Anónimo a 31 de Agosto de 2004 às 19:28
Passei a tarde a ouvir "A Joana é linda!Papava-a" ou então "Quero ser como ela!Vou aprender a tocar baixo" quem terá dito??Matamos as saudades da Sé e a Paula dos pipos :)) eheh
</a>
(mailto:)


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Imagens

SAPO Blogs