Segunda-feira, 15 de Novembro de 2004

Momento IV

Sozinho, estou rodeado de vultos
que olham desprezando o meu triste estar.
A luz que me cega de vida deambula por perto
mas nao responde aos meus chamamentos desesperados.
Vejo-a, mas tambem ela me despreza.
Magoa-me.
Magoa-me mais o facto da luz da vida me desprezar
do que estar rodeado de vultos desconhecidos
que me julgam sem razao.


Gabriel Braga

publicado por JoãoSousa às 15:00
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Anónimo a 16 de Novembro de 2004 às 14:37
Por vezes neste mundo de sombras escuras passamos despercebidos a nós próprios... é dificil.polittikus
(http://polittikus.blogspot.com)
(mailto:pp@sapo.pt)


De Anónimo a 16 de Novembro de 2004 às 11:35
A luz da vida nãom te liga... mas não a apagues!Carlos Tavares
(http://o-microbio.blogspot.com)
(mailto:carlos.roquegest@mail.telepac.pt)


De Anónimo a 15 de Novembro de 2004 às 21:25
Sem querer quase que acertaste na solução final do enigma e fizeste com que outros lá chegassem :P Participa sempre. AbraçosLino Gomes
(http://pensamentosdiversos.blogspot.com)
(mailto:lino_aliado@sapo.pt)


De Anónimo a 15 de Novembro de 2004 às 16:37
ouso dar te a minha mão para nao mais caminhares sozinho um beijo Rose*Black Rose
(http://wwwalguemperdido.blogspot.com)
(mailto:gu4no@hotmail.com)


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Imagens

SAPO Blogs