Quinta-feira, 6 de Janeiro de 2005

O Teu dia de hoje

Dinner_table.jpg

Vais chegar a casa cansada como sempre.
Tiras o casaco e arrumas no bengaleiro,
Tiras também os sapatos e guardas num cantinho.
Enquanto a comida aquece, deitas-te no sofá
Com um copo de vinho tinto. Aquele bom!
Vais acender as velas que tens espalhadas por toda a casa
E vais por a música de sempre (aquela com muitos violinos).
Como é sexta, pões a mesa completa,
Com seis pratos, seis copos, seis garfos e seis facas.
Tudo bonito, ao pormenor.
Arranjarás flores para o centro da mesa,
E quando a comida estiver pronta,
Sentar-te-ás na cabeceira da mesa.
Darás Graças pela refeição, agradecerás o pão e a água,
E de seguida serves todos os convidados.
Comerás, conversando animadamente
Com as tuas bonecas.


Gabriel Braga

publicado por JoãoSousa às 19:38
link do post | comentar | favorito
18 comentários:
De Anónimo a 8 de Janeiro de 2005 às 16:21
fez.me lembrar yeatsPecola
(http://pecola.artedoengenho.net)
(mailto:pecola@netcabo.pt)


De Anónimo a 8 de Janeiro de 2005 às 15:58
quantas vezes aos nossos repastos, em mesas engalanadas, nos servem pratos e pratos de solidão... por sorte a sobremesa é por vezes flambée... e isso é o imponderável destas coisas. de dentro da casa. blimunda
(http://antemareundae.blogspot.com)
(mailto:lugardemim@hotmail.com)


De Anónimo a 8 de Janeiro de 2005 às 13:22
mesa pa 6!a nossa mesa :DJaci
</a>
(mailto:)


De Anónimo a 7 de Janeiro de 2005 às 19:33
Posso participar na jantarada?pedevento
(http://pedevento.blogs.sapo.pt)
(mailto:mardapalha@sapo.pt)


De Anónimo a 7 de Janeiro de 2005 às 18:41
Está delicioso, adorei, quando cheguei ao final, onde se sentam as bonecas não sei se esbocei um sorriso de espento, se de tristeza, se de engraçado, foi uma mistura, de incrédula, por a história me surpreender. Amei. Parabens. FuiiiiiiiiPlantaCarnivora
(http://Aseivadosolidadgo.blogs.sapo.pt)
(mailto:Seivadosolidago@sapo.pt)


De Anónimo a 7 de Janeiro de 2005 às 16:26
Ou muito me engano, ou as duas últimas frases são ronicamente mordazes...Carlos Tavares
(http://o-microbio.blogspot.com)
(mailto:carlos.roquegest@mail.telepac.pt)


De Anónimo a 7 de Janeiro de 2005 às 16:03
Gostei muito. É uma personagem muito rica, dá para explorá-la bastante, em qualquer vertente. Dá de facto uma sensação de abandono ou desequilibrio psicológico.estouazero
(http://www.estouazero@blogspot.com)
(mailto:brunomartins@oniduo.pt)


De Anónimo a 7 de Janeiro de 2005 às 14:27
Acho q todos tivemos a sensação dum vazio, duma solidão,por isso adorei o texto está memso muito bonito=p***empty
(http://www.levaminhalma.blogs.sapo.pt)
(mailto:pjoanita_14@sapo.pt)


De Anónimo a 7 de Janeiro de 2005 às 13:05
Olá
Se gosta de Futebol, visite o Blog:
http://bloghattrick.blogs.sapo.pt/Alex
</a>
(mailto:Anubis36@hotmail.com)


De Anónimo a 7 de Janeiro de 2005 às 12:27
1º deu-me a sensação de conforto e carinho, depois deu-me uma sensação de vazio e solidão em q a unica presença sao as bonecas.. beijokas.andrye
(http://andrye.blogs.sapo.pt)
(mailto:andrye@sapo.pt)


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Imagens

SAPO Blogs