Quarta-feira, 26 de Novembro de 2008

...

Gostava de contar-te tudo aquilo que aconteceu dentro de mim, desde o mais primordial segundo em que senti a tua mão fria deixar de tocar-me, mas a epopeia violenta de todos os acasos embateu-se tão forte em mim, que não pude deixar de ser levado.

Perdoa-me, mas fui levado.

 

(E enquanto isso dá um ultimo suspiro, fecha os olhos ainda com a imagem dela, chorando, largando-lhe a mão já fria, e tenta esboçar um sorriso como quem diz que tudo está bem. Mas não estava. E depois morreu).

 

Perdoa-me! Não te agarrei.

Mas o pesar que caiu sobre os meus olhos, turvaram-me a mente e fizeram-me chorar. Tinha sido forte até então, mas ver o fechar dos teus e o teu embrenhar pelas escuras aventuras do destino, fez-me sentir-te já morto, e não aguentei o esfriar da tua mão.

 

(E enquanto isso suspira e chora, com um coração semeado de saudade, tenta agarrar a sua mão novamente, mas já de nada vale. Ele morreu. Ela ficou sozinha).

 

música: Nôze - Dance Avec Moi

publicado por JoãoSousa às 21:45
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Velucia a 27 de Novembro de 2008 às 03:12
Olá

Passando pelos perfis, pude ver seu texto, fiquei encantada, ao mesmo tempo, triste pelo final.
Não sei se é história real ou ficção.
Mesmo assim, adorei.

Um abraço


De Emanuela a 28 de Novembro de 2008 às 01:00
O ir-se de quem se ama deve ser o momento mais doloroso da vida...


De Velucia a 8 de Dezembro de 2008 às 00:59
Olá

Vim convidá-la para ir ao meu blog. Aceitei o desafio para ter um Prêmio. Assim, deveria convidar algumas pessoas e, dentre elas escolhi você. Se aceitar o desafio, o Prêmio também é seu.

Um abraço.


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Imagens

SAPO Blogs