Terça-feira, 29 de Abril de 2008

Prenúncio

 
Incautos, protejam-se!
Ondas de apocalipse, a caminhar contra vós!
Eu cá não me importo, já estou deste lado.
Mas aí, preparem-se para uma batalha atroz.
 
Virão cavalos, homens e armas
Das mais poderosas, virão!
E nem os pobres, os felizes, as crianças,
Nem mesmo as coitadas mulheres, se safarão!
 
Fujam! Corram, em pânico!
Abriguem-se , crédulos imprudentes,
Que aos outros não faltará animo.
 
 
É doce o cheiro desta vingança singela
E ainda antes do vosso bárbaro final, vos digo,
" A manhã acordará em silêncio, fria e bela!
música: Humanos - Muda de Vida

publicado por JoãoSousa às 21:41
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Emanuela a 1 de Maio de 2008 às 03:55
Amigo, tens passado tanta desilusão nos teus escritos. Sei que nada posso fazer por ti, ainda assim, ofereço-te um abraço.Pode não ser muito, ou quem sabe, é um nada. Posso simplesmente parecer patética.Ainda assim, deixo-te este abraço ternurento...Fica bem!


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Imagens

SAPO Blogs