Quinta-feira, 1 de Novembro de 2007

Álcoois

A música são estrelas cadentes nos nossos pés! São luzes amarelas que pisamos. São cadências que nos elevam o espírito em ardentes álcoois. São arco-íris em baixo de nos.

-

A música são a abertura das portas do inferno para os pecadores que ousam ouvi-la.

-

Junta uma voz a uma guitarra e sentes um misto de alegria e agonia em uníssono que te leva à loucura que procuraste toda a noite. Mas ao mesmo tempo vem-te a náusea de quem se sente só e único neste mundo de esquizofrénicos felizes.

-

A música é a alienação que procurava para me afastar ainda mais daqueles que teimam em ter-me.

-

A música é a dolorosa companhia quando te sentes capaz de verter uma lágrima.

-

A música é a demência que vira a vida de pernas para o ar, que ajuda, que trai, que magoa, que corrói, que alegra, que excita, que tudo dá, mas tudo tira.

A música é o paradoxo da perfeição inatingível, mas que está sempre connosco.

 -

E polui!

música: Arcade Fire - Intervention

publicado por JoãoSousa às 16:36
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Emanuela a 1 de Novembro de 2007 às 17:46
Fantásticas palavras. Acertaste cada sentimento,cada detalhe. Parabéns!


De V.A.D. a 1 de Novembro de 2007 às 23:18
A música é um como um universo quântico, feito de aparentes paradoxos e incertezas. No entanto, tal como a matéria, também a música existe, palpável, dura ou aveludada, cheia de bonomia ou desesperança...
Um texto magnífico!

Um abraço.


De Melissa Yedda a 6 de Novembro de 2007 às 00:51
Oi amigo. Tenho um mimo para ti no meu blog. Faz uma visitinha... Beijinhos!


De Emanuela a 9 de Novembro de 2007 às 23:28
Oi João. Estou com saudades dos teus escritos!


De X a 11 de Novembro de 2007 às 15:07
A música é sempre necessária, é uma das luzes do mundo. A poesia pode resolver-nos um estado de espírito.


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Imagens

SAPO Blogs