Sexta-feira, 8 de Abril de 2005

Terça Feira

Isto foi assim.
Era terça e já era noite cerrada.
Cheguei a casa tarde do trabalho, estava muito cansado e o patrão tinha implicado comigo.
Mal me sentei no sofá descalcei-me. Chamei por ela.
"Rita! Rita? onde estás?". Ela não aparecia. Entao gritei bem alto o nome dela para ela me ouvir.
Passado um tempo ela apareceu. Fiquei chateado por ter de gritar o seu nome. Por ter de a chamar 3 vezes.
Perguntei-lhe pelo meu jantar. Estava mesmo com vontade de comer um bom peixe. Já tinha falado disso ao almoço.
"Rita!" chamei novamente, pedi-lhe um copo de vinho a acompanhar o jantar. Ela não me respondeu. Detesto quando não me responde.
Voltou com o jantar, pouso-o na mesa de café e sentou-se no sofá a meu lado de olhos presos na televisão. "Não comes, tu?" ela abanou a cabeça negativamente.
Fiquei chateado porque não se deu ao trabalho de me responder decentemente. "Mulheres... Mulheres..."
"Trazes-me um café?" pedi-lhe gentilmente quando acabei o jantar e ela levantou-se incomodada por perder a novela enquanto me fazia o café.
Finalmente traz-me o café. "Demorou!" disse-lhe eu a sorrir simpático. Ela olhou-me com cara de má. Deu-me o café para a mão e eu puxei-a para o meu colo. Ela resistiu um pouco, mas acabou por se sentar.
"Deixa-me ver" pedi-lhe enquanto lhe passava carinhosamente a mão na cara.
Desviei-lhe o cabelo e enquanto a beijava num olho disse-lhe:
"Já quase não se nota a marca. Já quase não se nota."


Gabriel Braga

publicado por JoãoSousa às 20:12
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Imagens

SAPO Blogs