Terça-feira, 29 de Maio de 2007

Divagações / 5 (Em tempos de Insegurança)

Em tempos todos tinham segredos.

Depois, todos os segredos foram-se desvendando naturalmente, com o conhecimento, com a familiarização, com as perspectivas plurais. Já não precisavam guardar segredos. Já não valia a pena. Para eles os segredos desvendados passaram a ser base de confiança e de cumplicidade entre todos, ligando-os muito mais.

E então…

Continuavam a sua vida em reunião com quem os rodeava, mas, à medida que o tempo passa e a familiarização e cumplicidade se vão transformando em habito, de uma maneira, obstáculos que apareciam no grupo, começaram a interiorizar-se individualmente, em vez de se exteriorizarem em grupo.

E com o tempo começou novamente o antigo jogo dos segredos, dos silêncios e das discussões não resolvidas e ignoradas.

E então, a partir dai, tudo voltou a ser mistério. Tudo voltou ao antigamente, ao tempo individual, ao tempo do desconhecimento e desconfiança.

música: Arcade Fire - Keep The Car Running

publicado por JoãoSousa às 19:13
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Bruna Luísa D. Dickel a 29 de Maio de 2007 às 22:16
Olá, novamente = )
Passando aqui para ler mais um pouco.....
Ótimo Ótimo, Ótimo blog....
Abraços.


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Imagens

SAPO Blogs