Quinta-feira, 5 de Abril de 2007

O senhor que sempre mentia



Subia a rua com um jeito desajeitado,

Com duas caixas nas mãos, lá ia ele acelerado.

Numa caixa trazia verdades,

 Na outra trazia ilusões.

Uma caixa vinha bem pesada,

A outra nem pesava dois tostões.

 

Não parou, quando o chamaram,

Vinha uma senhora e corria,

Quanto mais a senhora o chamava,

Mais o senhor fugia.

 

Ninguém o deteve, ninguém o parou,

Já sabiam quem ele era,

E que mais uma aldrabou.

 

Lá conseguiu escapar,

E quando se viu livre sorria,

Mais uma vez se livrara,

O senhor que sempre mentia.


 

Gabriel Braga


música: Ef - Well Meet In The End

publicado por JoãoSousa às 02:14
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Imagens

SAPO Blogs