Segunda-feira, 19 de Março de 2007

Dia do Pai

O menino levantou-se a meio da noite. Correu até ao jardim e pegou numa flor. E depois vasculhou em silêncio toda a casa à procura de uma pedra. Passou muito tempo a pintar e a secar a pedra. Desenhou num papel toda a família. Escreveu Pai com a letra mais bonita que sabia, com muitas cores, muitas formas e muitos corações.

Subiu as escadas sem barulho e deitou-se com as suas prendas bem escondidas.

Quando acordou, correu excitado pelas escadas abaixo. Ouviu a mãe a chorar e entrou na cozinha.

Entre um estalo o pai viu-o e gritou com ele. Então o menino encheu-se de coragem, estendeu as prendas e tremendo disse “Feliz dia do Pai!”.


Gabriel Braga
música: Bloc Party - The Prayer

publicado por JoãoSousa às 20:26
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Carlos Tavares a 22 de Março de 2007 às 13:07
4 anitos... lá pelo Micróbio! :-)


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Imagens

SAPO Blogs