Segunda-feira, 12 de Fevereiro de 2007

...

E um café marcado com um argumento, “Não sem te ter à minha frente e dizer-te tudo na cara”.

Então os dois encontram-se em local neutro, ele chega primeiro e o outro, o que tem tudo entalado, deixa-o esperar, numa inversão de papéis.

Então aproxima-se, com o rei na barriga e começa a guerra, o sentado é o que leva e o outro de pé é o que descarrega. Não tem confiança para guerrear sentados, com gestos e palavras baixas e sentidas. Disparam ali, com alguma distância, para não correr risco de ricochetes, nem de balas perdidas.

Tanto erro apontado, tanta decepção dada, tanto argumento gasto e finalmente se senta o rei (porque o outro deu-se como vencido) descansado.

Pedem café, um copo de água, e ele um adoçante que é mais chique.

No fim tudo passou, ficou passado, e para o futuro apenas a moral de tudo isto.

 

Mentir é feio.

música: The Cranberries - Yeat's Grave

publicado por JoãoSousa às 20:48
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Hideous a 13 de Fevereiro de 2007 às 10:01
Oi! É verdade, para além de ser feio mentir acaba-se sempre por descobrir a mentira e depois contorná-la torna-se complicado! Beijinhos


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Imagens

SAPO Blogs