Domingo, 29 de Fevereiro de 2004

O convite III

Levantei-me porque o sofá me apertava contra ele… levantei-me porque o gato saltou-me para o colo, levantei-me porque a parede me prendia, levantei-me porque as chamas gritavam-me para ir ter com elas. Levantei-me e ela levantou-se também. “Vamos então?” e deu-me o copo de agua para a mão, tocando-me levemente. A sua frieza tal invadiu-me totalmente o corpo… calçou as botas e colocou de novo a capa de viagem, suspirou fundo e sorriu como nunca tinha sorrido “está na hora” dizia ela olhando para um relógio inexistente na parede. “As tuas paredes projectam sombras dum passado feliz… intimidam a tua mente com filmes que não voltaram a existir, as chamas gritam por ti duma maneira cruel… elas não te querem para nada. Apenas para as acenderes, para as fazer viver… o teu gato chama-te para carinhos já esquecidos, para uma convivência que outrora era bonita mas que agora não passa de simples habito… este mesmo tapete que piso, e onde outrora te deitaste quando fazias amor, quando te sucumbias ao desejo do sexo… agora chama-te para uma noite solitária, olhando para as paredes e imaginando o que fazias antigamente com o corpo que se enrolava em ti, que penetravas, que sentias o suor e os gemidos… mas agora esse corpo caminha comigo e tu vens também. Só assim poderás reviver aquilo que as paredes te mostram, poderás reavivar as chamas que agora só te chamam para viverem, poderás viver de novo com o teu gato em perfeita harmonia, só ai poderás sujar mais tapetes com o prazer do sexo, pois ai voltaras a ter companhia, voltaras a gemer acompanhado, voltaras a sentir o corpo a dormir ao teu lado. Vai calçar as tuas botas.”
Não preciso de botas, nem de nada daquela casa que me sufocava. Abri a porta e ela saiu misturando-se com o negro da noite, sai também atrás dela embrenhando-me no frio nocturno e finalmente fechei a porta.

Gabriel Braga (numa noite pedindo por favor para poder entrar...)

publicado por JoãoSousa às 20:18
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Anónimo a 3 de Março de 2004 às 17:40
Avassalador...devias ter vindo para Comunicação Social...este é o melhor elogio que te faço...simplesmente genial...genial...genial...mia
</a>
(mailto:)


De Anónimo a 1 de Março de 2004 às 03:00
Mais uma vez me deixas abismada com o poder de sedução das tuas palavras, a força com que o discurso se desenrola e a emoção que se apodera do leitor. muitos parabéns fofo...menina sorridente
</a>
(mailto:)


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Imagens

SAPO Blogs