Sábado, 3 de Abril de 2004

Um momento de comunhão

Moment.jpg

A revolta, a tristeza
Aquela imensa pureza
Perdida na comunhão
Procuras? Não encontras
Procura naquela afronta
Naquela mesma barraca
Em que deixaste o sorriso
Fechaste a matraca
Nada se ouviu, só se sentiu
Ataste o teu sofrimento
Mordeste o meu sentimento
Causaste-te dor,
Aquele ardor
Aquele prazer.

Ó! Cantas tu indulgentemente
Cantas tão drasticamente
Como se tirassem o coração
E nada mais te tiraram
Senão aquilo que deste.

Solta o grito! Solta-o forte…
Treme o sul, amarra-te o norte
Não te lembras daquele suor,
Daquele mesmo deslize
Daquela mesma união,
Feita à pressa,
Sem contentação
Só a força do tesão
O orgulho de não dizer não.

Canta!
Canta-me uma canção.
Não aquela melodia,
Aquela simples gritaria
Nos momentos de paixão.

Que paixão?
Aquilo não passou senão
Dum momento de ilusão…

Aquele mero segundo
Perdido no fim do mundo
Naquele mesmo colchão.

Mas voltaste.
Triste, sem nada, mas a dar-te
Levaste-te outra vez,
Naquela historia dos três:
Tesão, grito, segundo.
Tudo gira nesse mundo
Nesse mesmo tão profundo
Em que o corpo se enrola no teu
E tu completas o meu
Num abraço, num aperto,

E repente largas-me o braço

Estás cansada, suja, imunda,
Naquela altura profunda.
Naquele mesmo segundo
Em que o teu céu
Toca o meu mundo.
Largas o braço, soltas as amarras
E toda a tua paixão
Desvanece-se então…

Num simples momento,
Um momento de comunhão.

Gabriel Braga in Uma mão de Poesia 02/04

publicado por JoãoSousa às 00:58
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Anónimo a 5 de Abril de 2004 às 22:30
tens o poder d m deixar sem palavras...e logo eu que só sei comunicar através delas...vive intensamente..sonha..rola pelo chão..aproveita cada segundo que a vida te oferece..grita..bem alto para que eu possa ouvir quando sentires que te fundes contigo mesmo...e depois tudo será luz..a luz que emana de ti...mia
(http://especiarias.blogs.sapo.pt)
(mailto:)


De Anónimo a 3 de Abril de 2004 às 21:51
Ficou só metade: o fascinio é comum, mútuo. gosto da tua escritaencandescente
(http://eroticidades.blogs.sapo.pt/)
(mailto:encandescente@sapo.pt)


De Anónimo a 3 de Abril de 2004 às 21:50
fascinio comumencandescente
(http://eroticidades.blogs.sapo.pt/)
(mailto:encandescente@sapo.pt)


De Anónimo a 3 de Abril de 2004 às 19:11
é mesmo, tenho que concordar com a menina sorridente lol
vale a pena visitar para encontrar algo assim :-)Sandra Rocha
(http://curlygirl.blogs.sapo.pt)
(mailto:flyingshark@[remove]sapo.pt)


De Anónimo a 3 de Abril de 2004 às 03:55
adorei, unica e simplesmente fenomenal!menina sorridente
(http://www.muiperto.blogs.sapo.pt)
(mailto:)


Comentar post

.mais sobre mim

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Em Antena

.Passado

.Em Leitura


O Mundo de Sofia - Jostein Gaarder



O Amor Em Tempos de Cólera - Gabriel Garcia Márquez


O romance da raposa - Aquilino Ribeiro


A Arte da Fuga - Daniel Sampaio


Laranja Mecânica - Anthony Burgess



Tudo Que Temos Cá Dentro - Daniel Sampaio

.Blogs

Naif Naif
Studio 78
Marilia's Livejournal
Antigos Caminhos
O Micróbio
Photo of the Day Ng
Cine Blog
A whisper in your hear
O Meu Entendimento
Emanuela
Dentro de Mim
Parlamento do Pica Pau
Gritos Mudos

.Videos

Luciano Pavarotti & DOlores O'riordan - Avé Maria Arcade Fire - Wake Up Sigur Rós - Hoppipolla "I recorded my Amaryllis flower with my webcam for a month, taking 1 photo every 13m 20s. It is played back here at 25 frames per second to Liz Phair's song "Flower". This is my first attempt at timelapse photography, so it's not perfect, but not bad." - by paul Newson

.Imagens

blogs SAPO