Segunda-feira, 17 de Maio de 2004

Uma pequena Critica...

Estava eu perdido pelaRevista 365quando encontrei estas criticas, feitas por João MacDonald, que não resisti e passei-as para o blog, pela sua genialidade e veracidade. Espero que se divirtam tanto quanto eu me diverti.

Buda: «Não pagueis golpe com golpe, não façais ao outro o que não quereis que vos façam». Parece que já ouvimos isto em qualquer lado.
Pois era aqui que queríamos chegar. Propomos a hipótese de que as recentes atracções pelos ensinamentos zen e budistas mais não são do que um regresso ao catolicismo, mas catolicismo sem pecado. Qual é a piada? Porque, já dizia La Palisse, no pecado é que está o mal. Enquanto tudo isto acontece, o Papa vai ao México chatear o PRI, o que deu uma certa margem de manobra ao Exército Zapatista. Mas essa grande multinacional que é a Igreja Católica, essa McDonald's da alma, ainda que lutando pela igualdade humana, faz-nos o excelente favor de manter o problema da moral, para que possamos trincar o hamburguer da Santíssima Trindade (a carne picada é o Pai, o queijo é o Filho e o bacon é o Espírito Santo) e depois cantar «Pecados mais saborosos...».


por:
</i>João MacDonald</i>

Não aguentei e tive de postar outra critica desse (para mim desconhecido) João MacDonald:

Citemos Marco Paulo, em recente entrevista a uma revista popular: «O pimba veio abandalhar a música». Surpreendente afirmação, vinda de quem vem. Dir-se-á: mas quem é Marco Paulo para dizer semelhante coisa, ele que é o sumo pontíficie do pimba? Pois Marco Paulo disse-o precisamente por ser o sumo pontíficie do pimba, tal como Eurico de Melo é a reserva moral do PSD. Estranhos tempos, estes em que vivemos.
Na recente história da música popular portuguesa, Marco Paulo é um nome que se cumpriu, e cumpriu-se à custa de um cioso jogo de cintura, inimitável mas canónico, distante mas tão próximo, primário mas harmonioso. A sua história é heróica: vindo do Portugal profundo, subiu aos holofotes, foi romântico enquanto era preciso ser romântico (uma espécie de Tony de Matos das donas-de-casa dos anos 80), Herman consagrou-o (Serafim é nome de anjo e Saudade é nome de sentimento), a televisão deu-lhe um espaço nobre, Marco em si condensou uma luta cancerosa comum a tantos que nos são queridos e venceu-a, e hoje possui uma imagem impoluta.
Ora, por causa disto tudo, que será heróico para quem o quiser, mas não certamente para outros, Marco Paulo dá-se ao direito de teorizar sobre o pimba. É, portanto, um discurso meta-pimba. Essa é a síntese fulcral do estado e significado da música pimba: auferiu a si mesma uma condição transcendental. Marco Paulo tornou-se num opinion-maker paradoxal. O pimba ataca o pimba, ou seja, o pimba tem uma opinião de não-pimba, colocando-se do lado dos que pensam, por oposição aos que desconfiam de quem pensa. Onde é que, afinal, está exactamente Marco Paulo? Ele está no meio de nós.


por:
João MacDonald

Sentia falta de alguém assim!


publicado por JoãoSousa às 23:58
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 19 de Janeiro de 2006 às 15:26
Olá!! lembras-te de moi???? Está tudo fino? Envia o teu mail p podermos falar, gostava de te te ver. Beijocas!! brito.scottwool@hgotmail.comGisela B
</a>
(mailto:brito.scottwool@hotmail.com)


Comentar post

.mais sobre mim

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Em Antena

.Passado

.Em Leitura


O Mundo de Sofia - Jostein Gaarder



O Amor Em Tempos de Cólera - Gabriel Garcia Márquez


O romance da raposa - Aquilino Ribeiro


A Arte da Fuga - Daniel Sampaio


Laranja Mecânica - Anthony Burgess



Tudo Que Temos Cá Dentro - Daniel Sampaio

.Blogs

Naif Naif
Studio 78
Marilia's Livejournal
Antigos Caminhos
O Micróbio
Photo of the Day Ng
Cine Blog
A whisper in your hear
O Meu Entendimento
Emanuela
Dentro de Mim
Parlamento do Pica Pau
Gritos Mudos

.Videos

Luciano Pavarotti & DOlores O'riordan - Avé Maria Arcade Fire - Wake Up Sigur Rós - Hoppipolla "I recorded my Amaryllis flower with my webcam for a month, taking 1 photo every 13m 20s. It is played back here at 25 frames per second to Liz Phair's song "Flower". This is my first attempt at timelapse photography, so it's not perfect, but not bad." - by paul Newson

.Imagens

blogs SAPO