Segunda-feira, 28 de Junho de 2004

Porquê?

Porque não me olhas? Pergunto-te eu em silêncio, só com o meu olhar, pedindo que olhes para mim. E tu não me olhas. Nem te apercebes que estou, que existo, que olho para ti.
O teu olhar passa por mim, trespassa-me e tu nem te apercebes.
Porque não me olhas? Anseio o teu olhar há tanto tempo. Anseio que me olhes nos olhos e que os teus olhos sorriam ao ver os meus olhos tímidos mudarem bruscamente de direcção.
Porque não me olhas? Porque passas por mim, me tocas, me abalas, mas não me olhas, nem percebes que estou ali, que me fizeste tremer, que me arrepiei com o teu simples toque.

Porque não te sentas ao meu lado? Passo horas no mesmo sítio, no mesmo banco, do mesmo jardim, sempre só, sempre a olhar para ti e tu passas e não te sentas. Preferes o banco em frente, preferes olhar para o lado.
Porque não te sentas ao meu lado? Chego todos os dias, à mesma hora e tu passas-me, sentas-te em frente e não me olhas. Se te demoras tanto a olhar para o lado podias sentar-te ao meu lado, assim olharias para mim e eu fugiria com o olhar, nervoso, e deixando escapar um sorriso.
Porque não te sentas ao meu lado? Nem que o teu banco esteja ocupado e o meu completamente livre. Não te sentas ao meu lado, não me vês, não me dás uma esperança sequer.

Porque não me sorris? Passo horas sentado em frente a ti, a olhar-te de frente tentando chamar-te atenção e não me sorris.
Porque não me sorris? Todos os dias, passas por mim. Todos os dias te sentas em frente a mim, todos os dias te sorrio e tu não me respondes. Deixas-me só, ali.
Porque não me sorris? Sorris para onde olhas, sorris por nada, sorris na tua solidão, mas não sorris para mim. E isso mata-me!
Porque não te sentas ao meu lado e me olhas, sorrindo?

Gabriel Braga

publicado por JoãoSousa às 20:13
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 28 de Junho de 2004 às 23:21
pensei q costumavas sorrir-te para a miuda que está sempre atrás de mim!!! E sim..podes considerar-te meu, como eu sou tua...sou tua de uma modo que não sou de mais ninguém!!!Rax
(http://dentrodemim.blogs.sapo.pt)
(mailto:)


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Em Antena

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Em Leitura


O Mundo de Sofia - Jostein Gaarder



O Amor Em Tempos de Cólera - Gabriel Garcia Márquez


O romance da raposa - Aquilino Ribeiro


A Arte da Fuga - Daniel Sampaio


Laranja Mecânica - Anthony Burgess



Tudo Que Temos Cá Dentro - Daniel Sampaio

.Blogs

Naif Naif
Studio 78
Marilia's Livejournal
Antigos Caminhos
O Micróbio
Photo of the Day Ng
Cine Blog
A whisper in your hear
O Meu Entendimento
Emanuela
Dentro de Mim
Parlamento do Pica Pau
Gritos Mudos

.Videos

Luciano Pavarotti & DOlores O'riordan - Avé Maria Arcade Fire - Wake Up Sigur Rós - Hoppipolla "I recorded my Amaryllis flower with my webcam for a month, taking 1 photo every 13m 20s. It is played back here at 25 frames per second to Liz Phair's song "Flower". This is my first attempt at timelapse photography, so it's not perfect, but not bad." - by paul Newson

.Imagens

SAPO Blogs