Segunda-feira, 3 de Janeiro de 2005

O momento após a tua revelação

karma_playboy.jpg

(Keller's Karma - Kent Williams)

Não guardo rancor.
Fizeste a tua escolha e tenho
Apenas de te respeitar por isso.
Não te culpo, porque não podias saber
O que o teu coração queria.
Não te culpo por me teres enganado,
Porque estavas enganada também.
Perdoo-te a traição, a mentira e a fuga,
Pois foi sem querer, não me querias magoar
E achaste melhor fugir.
Tudo te perdoo!
De nada te culpo e de nada guardo rancor…
Se…
Se não guardares rancor pela minha escolha
E se a respeitares.
Se não me culpares, pois estava fora de mim
Naquele momento.
Se não me culpares, porque estou arrependido
Do que te fiz.
Se me perdoares a loucura, a cegueira
E a ira estúpida, pois foi sem querer.
Peço-te que me perdoes porque tudo te perdoei.
Peço-te que não me culpes nem guardes rancor,
Por ter espetado a faca no teu peito,
No momento após a tua revelação.


Gabriel Braga
03/01/05

publicado por JoãoSousa às 21:04
link do post | comentar | favorito
|
11 comentários:
De Anónimo a 4 de Janeiro de 2005 às 21:41
bonitas palavras...quadro lindissimoLuna
(http://loucuraenata.weblog.com.pt/)
(mailto:loucuraenata@hotmail.com)


De Anónimo a 4 de Janeiro de 2005 às 20:21
Temos tendência a acusar quem nos magoa... a culpar quem põe dor no nosso coraçao... Mas e nós, n temos culpa por nos deixarmos magoar? Claro q temos...missantipatia
(http://www.missantipatia.blogs.sapo.pt)
(mailto:missantipatia@sapo.pt)


De Anónimo a 4 de Janeiro de 2005 às 19:21
Grande Vitória do Bloco de Direita, propriedade da RIAPA e Parte Integrante do Património do Comandante Guélas.
Foi Eleito o Melhor Blog de 2004 pelo Geraldo Sem Pavor (www.geraldosempavor.blogspot.com).

Este Prémio representa um Elogio à Cultura Paço Arquiana e aos seus Valores de Liberdade, Fraternidade e Desigualdade.

Viva o Comandante Guélas

www.riapa.no.sapo.pt
Brigada Balatuca
(http://www.blocodireita.blogspot.com)
(mailto:balatuca@sapo.pt)


De Anónimo a 4 de Janeiro de 2005 às 19:19
Vê lá.. não exageres!mfc
(http://pedemeias.blogspot.com)
(mailto:manuelfelixcosta@msn.com)


De Anónimo a 4 de Janeiro de 2005 às 18:18
O amor tanto da vida como a tira.. beijokas.andrye
(http://andrye.blogs.sapo.pt)
(mailto:andrye@sapo.pt)


De Anónimo a 4 de Janeiro de 2005 às 17:08
Úi, este blog assim como alguns outros onde leio certos poemas, deixam-me pequenina na minha forma de escrever, é que está tão lindo, diz tanto, que dá vontade de ler várias vezes. BjsPlantacarnivora
(http://Aseivadosolidadgo.blogs.sapo.pt)
(mailto:Seivadosolidago@sapo.pt)


De Anónimo a 4 de Janeiro de 2005 às 15:50
POis é.... lindas palavras...quem dera que um certo home, mas tivesse dito com sentiment...talvez eu não ficasse a sofrer tanto por dentro. Mas gostei de te ler. Beijocasmorgana
(http://www.whattalife.blogs.sapo.pt)
(mailto:as2114532@sapo.pt)


De Anónimo a 4 de Janeiro de 2005 às 12:59
Um bom ano... voltei!Carlos Tavares
(http://o-microbio.blogspot.com)
(mailto:carlos.roquegest@mail.telepac.pt)


De Anónimo a 4 de Janeiro de 2005 às 09:48
Olá.
Acabei de visitar este blog pela primeira vez e gostei muito. Parabéns.Pintelho
(http://diariodeumpintelho.blogspot.com)
(mailto:diariodeumpintelho@hotmail.com)


De Anónimo a 4 de Janeiro de 2005 às 05:53
Lindo poema, cheio de palavras verdadeiras... amar nem sempre é fácil, mas eleva-nos sempre a alma. Perdoar mais dificil ainda se torna, e só os sábio de coração puro o conseguem alcançar. Adorei. Cá voltarei. beijinhos grandesMargarida
(http://sonhosv.blogs.sapo.pt)
(mailto:margarida-78-leal@sapo.pt)


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Em Antena

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Em Leitura


O Mundo de Sofia - Jostein Gaarder



O Amor Em Tempos de Cólera - Gabriel Garcia Márquez


O romance da raposa - Aquilino Ribeiro


A Arte da Fuga - Daniel Sampaio


Laranja Mecânica - Anthony Burgess



Tudo Que Temos Cá Dentro - Daniel Sampaio

.Blogs

Naif Naif
Studio 78
Marilia's Livejournal
Antigos Caminhos
O Micróbio
Photo of the Day Ng
Cine Blog
A whisper in your hear
O Meu Entendimento
Emanuela
Dentro de Mim
Parlamento do Pica Pau
Gritos Mudos

.Videos

Luciano Pavarotti & DOlores O'riordan - Avé Maria Arcade Fire - Wake Up Sigur Rós - Hoppipolla "I recorded my Amaryllis flower with my webcam for a month, taking 1 photo every 13m 20s. It is played back here at 25 frames per second to Liz Phair's song "Flower". This is my first attempt at timelapse photography, so it's not perfect, but not bad." - by paul Newson

.Imagens

SAPO Blogs