Domingo, 18 de Novembro de 2007

Electro Junkie

A música choca!

Electriza, arrepia, fulmina, excita, exalta, aniquila.

A música evoluiu, saiu da terra e elevou-se!

Deixou de ser quente e envolvente, esfriou e tornou-se impessoal. Deixou de nos prender à terra e ergueu-nos aos céus.

Deixou de ser fogo, tornou-se relâmpago.

A música electrizou-se. Carregou os céus com as suas nuvens sonoras que numa baforada de vento chocam, vibram, gritam, rebentam, explodem, misturam-se, embatem, esbarram-se, tremem, soam, ecoam trovões misturados e remisturados em sons brutais ao ouvido de um músico.

A música droga-se!

Pica-se, snifa, fuma, cheira, injecta-se!

A música evoluiu, deixou o natural e correu aos químicos!

Deixou de ser um vício, viciou-se a ela própria. Deixou de nos prender, prendeu-se.

Deixou de ser erva, tornou-se coca.

A música drogou-se. Carregou a seringa com a dose certa, misturada com limão, apertou o garrote e espetou, cravou, trespassou, perfurou-se, furou, atravessou, penetrou tao fundo nos tímpanos dos músicos que os levou com ela.

 

A música Deixou de ser musica, virou Som! Deixou de ter vozes, virou ruído! Deixou de ser melodia, virou sonância! A música morreu. Overdose. Electrocutada.

música: Goldfrapp - Ride A White Horse

publicado por JoãoSousa às 07:13
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Emanuela a 18 de Novembro de 2007 às 20:42
Forte, muito forte esta tua escrita! Como todos os teus posts que vem falando sobre ela. Tu delineaste um universo da música atual, ou da música de todos os tempos.Um universo, onde cada um extravasa o que lhe vai na alma, de bom ou de ruim. De delicado , ou de agressivo. Mas ela não morrerá jamais... morta, escorrega pelo chão e vai brotando suavemente em novos sons. A música do vento que bate nas folhas, que varre o pó do chão.O suave mumúrio das cascatas, ou o estrondo do trovão, o piar de um passarinho, a voz humana com mansidão...Ela sempre, sempre ressurgirá!

Um beijo grande, cheio de suaves sonoridades!


De V.A.D. a 18 de Novembro de 2007 às 23:07
Variâncias de estranhas sonoridades, géneros incompreendidos, ruídos odiados, ou melodias embalantes , oníricas e intemporais, a música nasce, morre, ressuscita, evolui, cresce...
Ciclo interminável, proveniente da noite dos tempos, ela acompanha a humanidade desde que Homem despertou e vai permanecer com ele até que a eternidade tudo dilua...
Votos de um final de domingo cheio de agradáveis melodias!

Um abraço.


De Lazy Cat a 19 de Novembro de 2007 às 02:03
Comento em silêncio, num inferno abismal de ausência de som, em volume total!




De ______ a 19 de Novembro de 2007 às 21:13
A música virou som... hum... e o som melodia. Isto quer dizer que as vozes podem ser música. Não me digas q a música morreu ou a poesia, não pode isso seria um curto circuito mas dos neuro-transmissores. Ai não!



Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Em Antena

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Em Leitura


O Mundo de Sofia - Jostein Gaarder



O Amor Em Tempos de Cólera - Gabriel Garcia Márquez


O romance da raposa - Aquilino Ribeiro


A Arte da Fuga - Daniel Sampaio


Laranja Mecânica - Anthony Burgess



Tudo Que Temos Cá Dentro - Daniel Sampaio

.Blogs

Naif Naif
Studio 78
Marilia's Livejournal
Antigos Caminhos
O Micróbio
Photo of the Day Ng
Cine Blog
A whisper in your hear
O Meu Entendimento
Emanuela
Dentro de Mim
Parlamento do Pica Pau
Gritos Mudos

.Videos

Luciano Pavarotti & DOlores O'riordan - Avé Maria Arcade Fire - Wake Up Sigur Rós - Hoppipolla "I recorded my Amaryllis flower with my webcam for a month, taking 1 photo every 13m 20s. It is played back here at 25 frames per second to Liz Phair's song "Flower". This is my first attempt at timelapse photography, so it's not perfect, but not bad." - by paul Newson

.Imagens

SAPO Blogs