Terça-feira, 30 de Outubro de 2007

...

Encontrei-me de repente perdido na imaginação das horas passadas contigo em camas desfeitas nas minhas fantasias. Senti por momentos, enquanto me estendia na solidão das minhas alucinações contigo, o teu odor acabado de acordar, o teu olhar ainda cansado, a tua respiração calma, ainda atordoada, o teu corpo quente, macio, arrepiado pelo passar dos meus dedos.


Em segundos acordei de todo este delírio, a tempo de sentir os teus lábios no meu ouvido.


E voltei sem hesitar às ilusórias deambulações onde, enrolados em lençóis suaves, apareciam suspiros e gemidos trémulos dos nossos corpos num combate intenso e suado. Senti, enquanto te acariciava na penumbra do meu isolamento, o sabor da tua fadiga, o rasgar de um sorriso deleitoso, o acordar do teu corpo ao prazer.


E voltei a despertar desta quimera, ainda a tempo de sentir a tua mão correr-me as costas.


E tentei cair novamente no louco devaneio, enrolar-me nos lençóis, desfazer a cama, encontrar o teu corpo e fazê-lo meu.


E lá estavas à minha frente, um ser palpável, perceptível, existente, presente. E toda a magia desapareceu no momento em que a realidade se impôs no nosso meio em sorrisos, risos e gargalhadas de quem te quer, te sonha e sabe que nunca te poderá ter.

música: Beirut - Brandenburg

publicado por JoãoSousa às 00:01
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Emanuela a 30 de Outubro de 2007 às 00:46
Esta eu não resisti: adicionei aos meus favoritos. Porque também eu, perco-me em fantasias.
Andas fantasticamente inspirado!
Beijinhos!


De V.A.D. a 30 de Outubro de 2007 às 14:14
Parece paradoxal, essa forma estranha de deixares que a realidade seja menos apetecível que a ilusão...
Mas, no fundo, compreendo-te...
Um excelente texto, em meu entender!

Um abraço.


De alexiaa a 9 de Novembro de 2007 às 16:02
Tenho de perder mais tempo em blogs desconhecidos:), este texto não é um lugar comum na forma como está escrito mas no meu sono é duma trivialidade arrepiante!


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Em Antena

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Em Leitura


O Mundo de Sofia - Jostein Gaarder



O Amor Em Tempos de Cólera - Gabriel Garcia Márquez


O romance da raposa - Aquilino Ribeiro


A Arte da Fuga - Daniel Sampaio


Laranja Mecânica - Anthony Burgess



Tudo Que Temos Cá Dentro - Daniel Sampaio

.Blogs

Naif Naif
Studio 78
Marilia's Livejournal
Antigos Caminhos
O Micróbio
Photo of the Day Ng
Cine Blog
A whisper in your hear
O Meu Entendimento
Emanuela
Dentro de Mim
Parlamento do Pica Pau
Gritos Mudos

.Videos

Luciano Pavarotti & DOlores O'riordan - Avé Maria Arcade Fire - Wake Up Sigur Rós - Hoppipolla "I recorded my Amaryllis flower with my webcam for a month, taking 1 photo every 13m 20s. It is played back here at 25 frames per second to Liz Phair's song "Flower". This is my first attempt at timelapse photography, so it's not perfect, but not bad." - by paul Newson

.Imagens

SAPO Blogs