Segunda-feira, 24 de Setembro de 2007

A Loucura

A loucura fere-me os olhos e os pensamentos, mas aguça-me com tal força os ouvidos, que chego a encontrar-me perdidamente desesperado no mínimo suspiro de emudecimento de um alguém que outrora cantou e agora se rendeu à mudez rotineira da vida.


É terrível a angústia sonora que se pousa em mim como uma aura sepulcral, e me arrasta para a imbecil solidão de um deprimido.


Oh! Dementes agudos que me penetram a alma e me contorcem as entranhas, como se milhares de trompetes arrancassem das catacumbas da terra e marchassem todas contra mim, despedaçando-me violentamente.


Oh! Graves desarrazoados, que me deixam num estado catastrófico de irracionalidade e me fazem querer cortar as orelhas, furar os tímpanos, fazem-me pedir a Deus que me deixe surdo, que me tire toda a vontade de escutar, de sentir o sabor das escalas musicais, o perfume das composições sinfónicas.


Oh, Loucura! Oh, Música, que me desmembra o cérebro, que me tira do sério e me eleva numa alienação descontrolada!


Oh, Desvario! Que apareces assim num ímpeto, num mínimo lamento, num insignificante som.

música: Xaile - Haja Saúde

publicado por JoãoSousa às 01:57
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Emanuela a 24 de Setembro de 2007 às 03:05
Tua inspiração acerca das músicas,sons, instrumentos é fantástica. Maravilhoso esse envolvimento com o mundo dos sons! Adorei teus últimos posts, senti-me envolvida por cada um deles. Um abraço!


De V.A.D. a 25 de Setembro de 2007 às 01:35
O poder da música, dissecado e desmembrado, reconstruído em palavras num belíssimo texto!

Um abraço.


De melissa.yedda a 25 de Setembro de 2007 às 21:13
Oi. Fico sempre encantada com o poder das tuas palavras.
Tem um certificado pra voce no meu blog. Se puder, dá uma passadinha por lá. Um beijinho!


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Em Antena

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Em Leitura


O Mundo de Sofia - Jostein Gaarder



O Amor Em Tempos de Cólera - Gabriel Garcia Márquez


O romance da raposa - Aquilino Ribeiro


A Arte da Fuga - Daniel Sampaio


Laranja Mecânica - Anthony Burgess



Tudo Que Temos Cá Dentro - Daniel Sampaio

.Blogs

Naif Naif
Studio 78
Marilia's Livejournal
Antigos Caminhos
O Micróbio
Photo of the Day Ng
Cine Blog
A whisper in your hear
O Meu Entendimento
Emanuela
Dentro de Mim
Parlamento do Pica Pau
Gritos Mudos

.Videos

Luciano Pavarotti & DOlores O'riordan - Avé Maria Arcade Fire - Wake Up Sigur Rós - Hoppipolla "I recorded my Amaryllis flower with my webcam for a month, taking 1 photo every 13m 20s. It is played back here at 25 frames per second to Liz Phair's song "Flower". This is my first attempt at timelapse photography, so it's not perfect, but not bad." - by paul Newson

.Imagens

SAPO Blogs