Quarta-feira, 25 de Julho de 2007

Divagações / 20 (Em tempos de Limites)

Em tempos de limites, uma pessoa, inconscientemente propõe a si própria barreiras intransponíveis, baseadas nas suas visões de tudo o que o apavora.

Todos os limites criados por nós, para nós, são delineados pelos sentimentos, emoções, preconceitos, fobias, presentes nas nossas mais profundas bases de inconsciência.

E quando são deparados, não com esses obstáculos, mas sim com o simples facto de ter de os revelar a outrem, um súbito e desumano horror apodera-se de toda a nossa capacidade racional e numa explosão de adrenalina tudo se detona num silêncio de constrangido vácuo, tal como uma simples Supernova rebenta num imenso Cosmos.

música: The Maccabees - First Love

publicado por JoãoSousa às 02:17
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Quadrado da Hipotenusa a 25 de Julho de 2007 às 14:27
Acho que às vezes temos de andar mesmo sem limites!



De Emanuela a 26 de Julho de 2007 às 01:03
Os limites, principalmente aqueles que foram implantados por meio da repressão, são muito difíceis mesmo de ser rompidos. E há aqueles, que como referes, nós mesmoms nos impomos pelo que achamos certo, pelo que acreditamos...Romper com eles pode nos causar dores imensas, mas também podem nos causar de seguida, uma grande catarse. Um abraço!


De Constantine a 26 de Julho de 2007 às 21:38
Tenho para mim que é o medo de ser-mos traídos que nos faz esconder os medos, e porque um dia alguém “de confiança” nos traiu, temos medo de voltar a ser traídos por aquela pessoa que agora vai saber que não somos uma torre e acabamos por nos sentir impotentes perante ela...
O LIMITE É O CÉU


Comentar post

.mais sobre mim

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Em Antena

.Passado

.Em Leitura


O Mundo de Sofia - Jostein Gaarder



O Amor Em Tempos de Cólera - Gabriel Garcia Márquez


O romance da raposa - Aquilino Ribeiro


A Arte da Fuga - Daniel Sampaio


Laranja Mecânica - Anthony Burgess



Tudo Que Temos Cá Dentro - Daniel Sampaio

.Blogs

Naif Naif
Studio 78
Marilia's Livejournal
Antigos Caminhos
O Micróbio
Photo of the Day Ng
Cine Blog
A whisper in your hear
O Meu Entendimento
Emanuela
Dentro de Mim
Parlamento do Pica Pau
Gritos Mudos

.Videos

Luciano Pavarotti & DOlores O'riordan - Avé Maria Arcade Fire - Wake Up Sigur Rós - Hoppipolla "I recorded my Amaryllis flower with my webcam for a month, taking 1 photo every 13m 20s. It is played back here at 25 frames per second to Liz Phair's song "Flower". This is my first attempt at timelapse photography, so it's not perfect, but not bad." - by paul Newson

.Imagens

blogs SAPO