Sábado, 7 de Julho de 2007

Divagações / 14 (Em tempos de Desespero)

Em tempos de desespero, estende-se um sofá na varanda, encosta-se uma boa musica calma, e cobre-se tudo com um copo de vinho e o fumo de um cigarro.

Olha-se para o céu, seja noite ou seja dia, e de repente, fechando os olhos, voa-se.

Sai-se, disparado, por aquela imensidão azul, deixando para trás tudo o que é árduo e penoso, porque isso pesa, e num voo tão repentino e radical como o da nossa mente, não precisamos de sentimentos fúteis e humanos para nos atrapalharem.

Nesses tempos de angústia, um simples desejo de fuga é possível, como uma droga que nos consome a alma e nos dá, por momentos, verdadeiros ensejos de felicidade pura.

Passa-se de um estado cáustico para um estado de estupidez delirante e caótica onde não se conhecem horizontes, nem barreiras, nem limites.

Tudo em nós flúi nesses momentos, na imensidão vazia do céu do nosso pensamento e é aí também, que, quando menos estamos à espera, o limite da nossa imaginação nos pára e puxa para trás, porque, como a droga, tudo acaba, e então embatemos violentamente contra o sofá, onde o copo e o fumo se desvaneceram em nós ao mesmo tempo que a musica se torna desconfortável e abrimos os olhos novamente para a realidade torturante da Vida.

música: Gogol Bordello - Sally

publicado por JoãoSousa às 03:20
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De V.A.D. a 7 de Julho de 2007 às 18:50
A imaginação pode-nos transportar, pontualmente, para longe das agruras da vida, mas a realidade acaba sempre por se impor...
Um texto magnífico.

Um abraço


De Emanuela a 8 de Julho de 2007 às 05:16
Este post fez-me viajar...Lembrei-me de quantas vezes me senti assim... Mas comigo não tem o copo, nem o cigarro...O que me leva são as lágrimas e o que me traz de volta é quando elas secam...
Um beijo!


Comentar post

.mais sobre mim

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Em Antena

.Passado

.Em Leitura


O Mundo de Sofia - Jostein Gaarder



O Amor Em Tempos de Cólera - Gabriel Garcia Márquez


O romance da raposa - Aquilino Ribeiro


A Arte da Fuga - Daniel Sampaio


Laranja Mecânica - Anthony Burgess



Tudo Que Temos Cá Dentro - Daniel Sampaio

.Blogs

Naif Naif
Studio 78
Marilia's Livejournal
Antigos Caminhos
O Micróbio
Photo of the Day Ng
Cine Blog
A whisper in your hear
O Meu Entendimento
Emanuela
Dentro de Mim
Parlamento do Pica Pau
Gritos Mudos

.Videos

Luciano Pavarotti & DOlores O'riordan - Avé Maria Arcade Fire - Wake Up Sigur Rós - Hoppipolla "I recorded my Amaryllis flower with my webcam for a month, taking 1 photo every 13m 20s. It is played back here at 25 frames per second to Liz Phair's song "Flower". This is my first attempt at timelapse photography, so it's not perfect, but not bad." - by paul Newson

.Imagens

blogs SAPO