Sexta-feira, 25 de Maio de 2007

Divagações / 4

A fantástica maravilha do descobrimento das pessoas!

Um caminho confuso, doloroso, árduo e com muitos desvios, muitos obstáculos, muitos trilhos errados e adversidades naturais.

Mas quando se chega ao fim, quando se consegue, se se consegue, é uma explosão mágica de sentimentos. Por isso tanta dificuldade, tanta angustia, confusão, perdas e esperanças destroçadas.

Pelo caminho ficam os rastos que se deixam, polvilhados de restos de nós, que tivemos de largar, para que a carga não fosse tão pesada e o caminho tão lento, ou mesmo até aquela carga que não precisamos pois à medida que vamos encontrando pistas e contornando obstáculos, à medida que conhecemos mais o caminho e que nos adaptamos a cada fim, para atingir o fim, vamo-nos desprendendo daquilo, em nós, que não precisamos, assim como vamos deixando aquilo que nos impede de chegar ao destino.

Largamos incertezas, duvidas, preconceitos e conceitos previamente elaborados, e que com cada passo para a descoberta, se vão descobrindo irreais.

Em suma, toda essa viagem acaba por nos deixar nus, vazios, despidos de tudo que antes tínhamos como certo, para nos lançar em novos sentimentos, em novos envolvimentos em novos preenchimentos para tudo aquilo que largamos.

E o mais fantástico de toda esta fantástica fantasia é que depois de chegarmos ao fim, não ficamos contentes e corremos de novo para mais uma viagem.

música: Jp Simões - Se por acaso (me vires por aí)

publicado por JoãoSousa às 02:07
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Emanuela a 25 de Maio de 2007 às 02:52
É... São ""pedaços".Espalhados por aí. Mas são necessárias muitas experiências para fazer um ser humano completo. Beijinhos!


De Carlos Tavares a 25 de Maio de 2007 às 16:30
Siga viagem... :-)


De Emanuela a 25 de Maio de 2007 às 21:23
O convite é pra mim? Com tempo viajarei por teu blog. Abraços!


De Bruna Luísa D. Dickel a 29 de Maio de 2007 às 02:21
Boa Noite!
Eu estava pesquisando no google, fotos, sobre o Pequeno Príncipe, quando encontrei uma foto maravilhosa, aqui em seu blog, e resolvi dar uma olhada. Li seu post sobre o Principezinho = )
Muiiiiito Lindooooo.
Um dos livros que marca em minha vida também.
Meu livro favorito, que desejo ler, algum dia, para meus filhos.
"Foi o tempo que perdeste com tua rosa que fez tua rosa tão importante".

Perfeito seu blog, gostei, sempre que der, passarei por aqui, para ler.

Abraços.

Bruna Luísa D. Dickel


De Bruna Luísa D. Dickel a 29 de Maio de 2007 às 03:44
Estou lendo aos poucos seu blog:


POST: Anjo,
Procuro-te desesperadamente, depois daquela tua aparição.
Apenas tenho gravado na memória, o teu vislumbre, as tuas asas, tudo envolto num nevoeiro que te desfoca... completamente. Já nem sei se foi apenas um sonho muito real, ou uma realidade muito irreal. Só sei que te vi, te senti, te cheirei o perfume, o tal perfume do qual já sentia falta. E sendo real ou não, sei agora mais uma vez que existes e que estas aqui para mim, para me salvar (ou tentar!) mas que não vais desistir, por muito cobarde que eu seja, por muito que renegue a tua vida, por muito que me condene como teu criador. E sinto-me bem por isso, mais vivo! Mas o meu desejo, a minha ânsia de te procurar consome-me agora mais do que sempre me consumiu. Será isso bom? Para mim? Para ti? Porque não apareces duma vez e vivemos os dois em harmonia?
Pensa nisso sim?

Do sempre teu,
Gabriel Braga.



(chamou a minha atenção)


De Bruna Luísa D. Dickel a 29 de Maio de 2007 às 03:55
POST: Perdi-me outra vez!
Perdi o meu equilíbrio interno e tudo descambou totalmente.
A minha loucura, tão bem controlada dentro de mim, soltou as correntes que a prendiam e tomou conta do meu corpo.
Já magoei muito os meus amigos com a minha loucura exacerbada, e corro perigo de me magoar também.
A minha parte racional que sempre fora muito boa, foi muito afectada e tudo o que tenho de bom dentro de mim está a desvanecer rapidamente. Como poderei sobreviver? Como poderei ser ajudado?

Gabriel Braga in As cartas de Gabriel.


(post interessante!)


De Bruna Luísa D. Dickel a 29 de Maio de 2007 às 04:01
BLOG INTERESSANTE, ADOREI!!!
SEUS POSTS SÃO MUITO BONS, E SINCEROS.
CONTINUE ASSIM.
BEM, VOU PARAR POR AQUI, UMA OUTRA HORA VOLTO A LER.
UMA BOA NOITE.


Comentar post

.mais sobre mim

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Em Antena

.Passado

.Em Leitura


O Mundo de Sofia - Jostein Gaarder



O Amor Em Tempos de Cólera - Gabriel Garcia Márquez


O romance da raposa - Aquilino Ribeiro


A Arte da Fuga - Daniel Sampaio


Laranja Mecânica - Anthony Burgess



Tudo Que Temos Cá Dentro - Daniel Sampaio

.Blogs

Naif Naif
Studio 78
Marilia's Livejournal
Antigos Caminhos
O Micróbio
Photo of the Day Ng
Cine Blog
A whisper in your hear
O Meu Entendimento
Emanuela
Dentro de Mim
Parlamento do Pica Pau
Gritos Mudos

.Videos

Luciano Pavarotti & DOlores O'riordan - Avé Maria Arcade Fire - Wake Up Sigur Rós - Hoppipolla "I recorded my Amaryllis flower with my webcam for a month, taking 1 photo every 13m 20s. It is played back here at 25 frames per second to Liz Phair's song "Flower". This is my first attempt at timelapse photography, so it's not perfect, but not bad." - by paul Newson

.Imagens

blogs SAPO