Quarta-feira, 13 de Setembro de 2006

As férias passam

Nem se notam os dias de férias a passar, até ao dia em que se acorda e tudo cai em cima de nós. Tem de se fazer o currículo, tem de se procurar emprego, tem de se renovar a matrícula, tem de se aturar os pais que já trabalham, tem tudo e mais alguma coisa para fazer. E uma pessoa só pergunta o que se passou àquele tempo todo infinito que tínhamos pela frente sem fazer nada a não ser o que nos desse na real gana.

Agradeço então aos dias que passei em Paredes de Coura, numa verdadeira selva, onde haviam gnus, vacas, macacos e outros tipos de animais, no meio dum dilúvio continuo, com amigas escuteiras, com síndromes de Touret entre outros mais violentos, entre mãozinhas e electro, entre concertos e comida, entre rabinhos time e festas da cera, entre casas de banho e rio.

Agradeço então ao dia de praia, dia do jolie, dia do TN, dia do pilinhas, dia do escaldão e da hiperactividade, dia do Hey now! Hey now!.

Agradeço então ao dia no rio, e dos putos que nele mijam, dos patos que andam à nossa beira, das pedras e do lodo.

Agradeço ao folk que dançamos no porto, com suor, fumo e vinho.

Agradeço então às intermináveis horas no centro comercial, a manter o contacto visual pró mancha negra, a falar de tudo e mais alguma coisa.

Agradeço o resto das tardes na casa da Bé a comer e a beber e a ver televisão e a fumar e a criticar.

Agradeço ao FF e aos DZR’T pelos fantásticos momentos que nos proporcionaram.

Agradeço as noites na casota e nos peões com o Senhor Fernando, nas cartas e nas cervejas, nos charros e nos gozos contínuos.

Agradeço aos jantares, à piscina coberta de água quente e ao jacuzi, à reabertura do insólito e à loucura que nos consome cada garrafa de vinho tinto.

 
E agora bate-se com a cabeça na mesinha de cabeceira, acorda-se e levanta-se para mais um dia de trabalho.

Nem as fotos tiradas no rio, ou na praia, ou em paredes de Coura, ou no concerto do ano nos alentam o coração, pois tudo isso já passou. Agora só se arranjam guerrinhas infantis para dar uma chave d’ouro ao final de férias.
Volta-se agora lentamente (porque o corpo não acompanha as obrigações da cabeça) à monotonia de sempre, ao trabalho, à angústia de esperar um ano inteiro para voltar a respirar!

 

Ainda bem que tenho ainda mais um mês de férias para preparar o corpo.

música: Yeah Yeah Yeahs - Turn Into

publicado por JoãoSousa às 20:00
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Jaci a 14 de Setembro de 2006 às 22:41
Foi Belo!! :D


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Em Antena

.Presente

. À lembrança

. À escrita

. ...

. ...

. Às vezes

. ...

. Lhasa

. Balanço Anual

. Soneto débil

. One Night Stand

.Em Leitura


O Mundo de Sofia - Jostein Gaarder



O Amor Em Tempos de Cólera - Gabriel Garcia Márquez


O romance da raposa - Aquilino Ribeiro


A Arte da Fuga - Daniel Sampaio


Laranja Mecânica - Anthony Burgess



Tudo Que Temos Cá Dentro - Daniel Sampaio

.Blogs

Naif Naif
Studio 78
Marilia's Livejournal
Antigos Caminhos
O Micróbio
Photo of the Day Ng
Cine Blog
A whisper in your hear
O Meu Entendimento
Emanuela
Dentro de Mim
Parlamento do Pica Pau
Gritos Mudos

.Videos

Luciano Pavarotti & DOlores O'riordan - Avé Maria Arcade Fire - Wake Up Sigur Rós - Hoppipolla "I recorded my Amaryllis flower with my webcam for a month, taking 1 photo every 13m 20s. It is played back here at 25 frames per second to Liz Phair's song "Flower". This is my first attempt at timelapse photography, so it's not perfect, but not bad." - by paul Newson

.Imagens

SAPO Blogs